O Reino de Copas

reino das Taças, é composto por 14 cartas que representam toda a sua dimensão territorial e seus habitantes. Dentre essas cartas, temos: uma serie de laminas simbólicas que vão do às ao 10 de taças e quatro personagens, e são eles: um rei, uma rainha, um cavaleiro e um pajem.

O Terno de Copas ou Terno de Taças é um dos quatro naipes de cartas de baralho de traje latino . Estes são usados na Espanha (“Copas”), Itália (“Coppe”) e no tarô . O naipe de corações é derivado do naipe de taças. Estes são por vezes referidos como cálices , bem como copos .

No tarô, é parte dos 56 “Arcanos Menores “, e sua iconografia principal é a taça e a agua. Quando analisamos um jogo, este simbolismo retrata questões de natureza sentimental, emocional e sexual. Na astrologia, é equivalente, aos signos da água: Câncer, Escorpião e Peixes.

 

 

“Feliz é aquele que jamais se embriaga e somente bebe desta taça!”

The History of Magic- Eliphas Levi
( Filóstrato falando sobre o chifre dos unicórnios que servem de taça para beber[…] )

Apollonio de Tiana

15 d.C. – Éfeso, c. 100 d.C.) foi um filósofo neo-pitagórico e professor de origem grega.

Fonte da imagem: Aliexpress

CARACTERIZAÇÃO DO REINO DE COPAS

Ao chegar ao reino de copas, verá uma terra primaveril que está em plena fase de fertilização. É uma época em que ocorre o florescimento de várias espécies de plantas. É quando a natureza desperta a sua beleza presenteando toda a existência da vida com as mais belas e perfumadas flores da terra.

É ladeado pelos campos verdejantes e pelas águas tanto dos mares como dos rios e lagos. Como no baralho Rider as flores mais comuns são os lírios, como apresentada no seis de copas e as aquáticas que surgem no às. Os animais mais comuns são os peixes que enfeitam os tronos do rei, da rainha e aparece na taça do valete de copas, bem como, os híbridos metade humano e metade peixe. No dez de copas mostra um belo arco-iris que surge no céu recebido por um casal com duas crianças.

OS REGENTES DO REINO DE COPAS

Senhorcopas

Rei de Copas

A começar pela rainha de copas e o rei de copas, podemos dizer que trata-se de alguém que possui algum patrimônio amoroso, manifestos sob a forma de uma família já montada, amigos leais ou quaisquer relações pessoas que são firmes e duradouras. Geralmente são reconhecidos por pessoas mais maduras na idade mas pode-se considerar pessoas jovens que já adquiriu esta forma de reino muito cedo. O seu trunfo de copas, revela o seu poder adquirido pela experiência de vida e pelo que acumulou com o tempo.

É comum vê-los envolvidos com artes, pois nesta área é preciso sensibilidade para interpretá-las. Também tem fortes inclinações empáticas mas ao mesmo tempo são melodramáticos. Quando regida por um arcano maior, como a Alta Sacerdotisa por exemplo, a rainha de copas ama as ciencias biológicas, medicina etc. São propensos apoiadores pois possuem recursos que são parte dos poderes do seu naipe para contribuir com quem sente confiança ou é digno de sua atenção. São capazes de mudar as rotas do consulente tanto para bom como para ruim, principalmente no que se refere a questões sentimentais ou no campo afetivo em geral.

Senhoracopas

Rainha de Copas

CAVALEIRO DE
COPAS

Com a atuação na defesa do rei e da rainha e sendo o único que está em movimento porque possui um transporte, ele é quem abre caminhos para a área afetiva e sua principal função é conduzir pessoas as rotas com os quais mais tarde se unirão e se conhecerão.  Isso quer dizer que, ele não vem sozinho mesmo que surja assim em um jogo. Geralmente ele surge primeiro mas traz em sua garupa outra pessoa que vai mudar a situação ou a história do consulente nas relações pessoais.

Cavaleirocopas

O Cavaleiro de Copas

Valetecopas

O Valete de Copas

VALETE DE COPAS

O valete geralmente está a serviço de um cavaleiro, rei ou rainha. Sendo assim, tende a não se distanciar Ele não vai muito longe para não perder de vista as necessidades de seu nobre. Atua em tarefas simples que geralmente é servir, no sentido de prestar auxílio, e ser portador de mensagens que estão relacionados ao seu naipe, que estão ligada a ofertas de um romance, demonstração das emoções ou qualquer palavra relacionada às relações entre pessoas.

Ascopas

Às de Copas

O TRUNFO DE COPAS

Identificado pelo às da série de copas, o trunfo de copas representa o início de uma rota das relações afetivas. Entende-se que toda situação da vida tem seu começo e é esta lamina que sinaliza a entrada no reino de copas. Quando esta lâmina surgir em um jogo, significa que terá uma nova oportunidade de viver experiências afetivas com familiares, amigos ou amores. Seus sentimentos o motivarão o suficiente para que continue nesta jornada até a construção do seu reino de copas.

A CHAVE DE COPAS

 

As experiências que surgem nos arcanos de copas, assim como, entre os personagens quando se relacionam com o consulente, podem surgir as chaves que apresentarão soluções no campo afetivo. Nesses momentos, é possível alcançar um insight que pode ser fundamental para resolver situações que envolve o setor amoroso, social e familiar.

Chaves

A Chave de Copas

A DIMENSÃO TERRITORIAL DO REINO DE COPAS

Experiencia do 2 de Copas

Experiencia do 3 de Copas

Experiencia do 4 de Copas

Experiencia do 5 de Copas

Experiencia do 6 de Copas

Experiencia do 7 de Copas

Experiencia do 8 de Copas

Experiencia do 9 de Copas

Experiencia do 10 de Copas

O Reino de Copas, possuem nove cenários iniciando pelo segundo à nona carta. Cada arcano representa um acontecimento da vida cotidiana que analisadas, terão informações uteis ao consulente e orientações diversas para o bom andamento da vida afetiva em quaisquer setores. Neste território aprende-se a ter iniciativa nas relações humanas, resolvendo rusgas que criam a desunião ou melhorando os enlaces que promovem a união. A verdade é que as cartas de copas apontam que haverá uma grande aventura na busca da realização sentimental.

Trata-se de uma grande aventura que coloca em teste as faculdades sentimentais e a forma como o consulente se expressar emocionalmente. É a melhor oportunidade de melhorar sua performance trabalhando nos campos intrapessoal e interpessoal. Aumenta a sensibilidade e consequentemente a capacidade empática de um indivíduo, porque é exigido atenção na linguagem dos sentimentos da pessoa com o qual se relaciona. As energias são carregadas de carinho e afeto pois vêm do feromônio, admiração, contentamento e confiança entre humanos.

Nesses cenários, haverá encontros significativos que poderão mudar o curso da vida do consulente, surgirá pessoas distantes as quais jamais se imaginava se aproximar, contatos frente a frente com pessoas em que estamos evitando e estimulará os reencontros para que esta linha da vida não deixe de trabalhar no carma dinâmico que existe nos habitantes da terra. Em outros aspectos, tenderemos e cair nas amarras das ilusões, frustrações, excesso de expectativas e se bom desempenho tivermos, certamente alcançaremos a felicidade almejada no dez de copas.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

FERNANDES, Patrícia. Desvendando o Tarô. Estudo comparado dos tarôs e o baralho cigano. Rio de Janeiro, Ed. Pallas, 2003.
GRAY, G. William. O Tarô Sangreal. Um sistema de Ritual Mágico para a evolução pessoal. São Paulo, Ed. Rocca, 1995.
NAIFF, Ney. Tarô Vida & Destino. Estudos completos do tarô volume II. São Paulo, Ed. Best Seller, 2013.

PRAMAD, Veet. Curso de Tarô e seu Uso terapêutico. São Paulo, Ed. Madras, 2004.
WAITE, Edith. O Tarô Universal de Waite. São Paulo, Ed. Isis, 2004.
KAPLAN, Stuart R. Tarô Clássico. As Cartas vindas do Passado revelam o futuro. Um guia definitivo e profusamente ilustrado do Tarô. São Paulo, Ed. Pensamento, 1992.
COUSTÉ, Alberto. Tarô ou a Maquina de Imaginar.. São Paulo, Ed. Graund, 1992.

POLLACK, Rachel. Setenta e oito graus da sabedoria do Tarô. Parte II Os arcanos menores e leituras. Rio de Janeiro, Ed. Nova Fronteira, 1991.
DEE, Nerys. Como ler a sorte pelas cartas. Cartomancia. São Paulo, Ed. Harmonia, 1992.
BARTLETT, Sarah. A Bíblia do Tarô. O guia definitivo das tiragens e do significado dos arcanos maiores e menores. São Paulo, Ed. Pensamento, 2011.

Wikipédia, Enciclopédia Livre: Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Monarquia> Acesso em: 30 de Jun. de 2015.
PERADEJORDI, Julio. Tarô Esoterico o Livro de Toth. Origem, simbolismo e interpretação dos arcanos do Tarô. São Paulo, Ed. Ibrasa, 1993.
Yogakrisnanda. O Tarot de Molinero. São Paulo, Ed. Mandala, 1989.